Cuidados ao contratar cuidadores

Antes de contratar um cuidador de idosos, você precisa estar atento a uma coisa.

Nossos pais, tios e avós envelheceram e começaram a demandar cuidados. Para possamos continuar com a nossa rotina de trabalho, cuidado dos filhos e de nossos afazeres pessoais, muitas vezes precisamos contratar alguém que nos auxilie. Em geral terminamos nos apoiando em pessoas conhecidas, indicações de amigos ou familiares, ou cuidadores de idosos profissionais.

Embora isto seja uma boa opção, existe uma coisa que precisamos estar muito atentos: nossos parentes idosos estão se isolando dentro de casa e de convívio social? Se a resposta for sim, ou você tem dúvida de como responder, cuidado, seu parente pode estar em risco!

Uma pesquisa conduzida pela Universidade de Harvard nos EUA (Harvard’s Grant and Glueck study), e que levou 75 anos para ser concluída pois acompanhou dois grupos de pessoas através destas sete décadas e meia, tinha por objetivo de identificar os fatores psicossociais preponderantes para um envelhecimento saudável.

Qual a conclusão do estudo? De acordo com o Robert Waldinger, Diretor do Estudo sobre o Desenvolvimento Adulto (do inglês, Study of Adult Development) da Universidade de Harvard, um fator supera em muito a importância dos demais fatores:

“Nós obtivemos uma mensagem muito clara nestes 75 anos de estudo: Bons relacionamentos nos mantêm mais felizes e saudáveis. Ponto.”

Um estudo britânico feito pela University College de Londres, que acompanhou 6500 homens e mulheres com mais de 52 anos por aproximadamente uma década, corrobora para as conclusões do estudo realizado por Harvard, mas de uma forma ainda mais contundente.

Concluiu-se que o isolamento social tem enorme impacto sobre a expectativa de vida de pessoas idosas. Independente se a pessoa se sinta só ou não (solidão é um sentimento), o simples fato de manter-se contato limitado com família, amigos e organizações comunitárias aumentou o risco de morte destas pessoas. Isto porque demonstrou-se que o isolamento social aumenta o risco de aparecimento de doenças infecciosas e cardiovasculares, o aumento da pressão arterial e do hormônio do estresse (cortisol), e a deterioração do funcionamento cerebral.

Portanto, não podemos privar o nossos idosos de relacionar-se e manter uma vida social ativa. Ao contrário, é importante que tenhamos uma atitude proativa em incentivá-los a sair da inércia e retomar o convívio social, que é fundamental nesta fase da vida.

Antes de contratar um cuidador, converse com seu médico e avalie as melhores opções. Muitas vezes uma parceria ou intercalação entre os dias do cuidador e a participação em atividades em centros-dia para idosos, podem ser a melhor combinação para oferecer cuidado integral à saúde, estímulos físicos e cognitivos para longevidade e interação social.

Assim, você continuará tranquilo para seguir com seus afazeres diários sabendo que seu parente idoso está com a melhor situação para maximizar todas as reservas físicas e cognitivas para a longevidade com qualidade.

Conheça melhor a Senior Vita, acesse o nosso site clicando aqui!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s